Monthly Archives: Agosto 2006

Climatocratas ?

Monte Quilimanjaro, Tanzânia

“Eis uma notícia que a opinião pública portuguesa terá dificuldade em tomar conhecimento. Às 8 horas e 25 minutos do dia de hoje, 31 de Julho de 2006, os termómetros do Observatório Central de Buenos Aires registaram a temperatura de zero graus Celsius.” — Rui G. Moura in Mitos Climáticos.

Apesar de estar convencido de que alguma coisa grave se passa no universo climático terrestre, com maior ou menor responsabilidade da imensa carga de poluentes produzidos e lançados pelo Homem no nosso ecosistema global — por exemplo, a secagem do Lago Chade, ou a liquefação dos monumentos do Glacier National Park de Montana (EUA) e das neves do Quilimanjaro (TZ) — vale a pena registar a opinião de um climate sceptic português sobre a manipulação em curso do chamado aquecimento global por parte dos modelistas informáticos do Intergovernmental Panel on Climate Change. Esta contribuição polémica entitula-se sugestivamente O Pânico Climático.

O tema do “global warming” é digno de figurar no livro das “Imposturas intelectuais” de Alan Sokal e Jean Bricmont. O “global warming” e as “climate changes” estão de tal maneira bem embrulhadas que não é fácil desmontar esta impostura científica. Mas de acordo com o filósofo Karl Popper, as teorias científicas têm de ser aprovadas ou reprovadas em testes imediatos e não daqui a cem anos. Ora, a refutação desta embrulhada verifica-se todos os dias, todas as horas, todos os segundos e todos os instantes.” — in O Pânico Climático