O erro da linha Sines-Badajoz

O erro da linha Sines-Badajoz

No passado mês de Janeiro de 2006, a REFER anunciou um investimento da ordem dos 750 milhões de euros, respeitante à conclusão da linha Sines-Casa Branca-Évora-Elvas-Badajoz, vocacionada para o transporte de mercadorias.

Porque foi proposta esta linha?

A linha Sines-Badajoz seria um erro histórico, que resulta do equívoco do T deitado e que isolaria os portos de Setúbal e Lisboa da rede europeia. A prioridade deveria ser dada à linha mista Lisboa-Badajoz e sua conexão aos 3 portos do Sul.

Mais um artigo oportuno de Rui Rodrigues, publicado no Público de 10 Abril 2006. TEXTO INTEGRAL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s