Parque solar nas minas de S. Domingos?

Alemães investem 426 milhões em parque solar em S. Domingos
Um conjunto de empresas alemãs, em que está incluída a Siemens, pretende construir a maior central eléctrica solar do mundo nos terrenos das desactivadas Minas de S. Domingos, Alentejo. O projecto de investimento de 426 milhões de euros para instalar uma central eléctrica com uma potência de 116 MW e uma fábrica de módulos está pronto a arrancar, faltando apenas a licença do Ministério da Economia para os promotores avançarem com as obras.

A La Sabina – Sociedade Mineira e Turística SA , proprietária do terreno com uma área de dois mil hectares, 250 hectares dos quais serão para o parque solar, é o requerente do projecto junto das autoridades nacionais, estando a representar os sócios alemães Siemens, Villa Lohberg e Roth & Ran, que formam o consórcio Solar Power.

Leia a notícia na íntegra na edição de hoje do Jornal de Negócios.

—in Jornal de Negócios Online, 05.05.2005 LINK

Comentário: Imagino que os lobbies petrolíferos e do gás não tenham gostado nada desta hipótese de diminuição da nossa dependência energética. Imagino o Mexia da GALP a mal aconselhar o indescritível Santana Lopes. Imagino o improdutivo Cadilhe a elocubrar teorias pausadas e dantescas sobre o futuro de Portugal. Sugiro, antes que seja tarde, um grande saca-rolhas para puxar este assunto à luz dos média, sob pena do actual Governo mandar realizar mais estudos caríssimos, para concluir o óbvio: que perder esta oportunidade para Espanha seria prova de uma indecisão política fatal.

Na versão impressa do Jornal de Negócios lê-se, a propósito da visita de Helmfried Horster à famosa Agência Portuguesa para o Investimento, do Sr Cadilhe, uma referência deliciosamente assassina: “Fomos muito bem recibidos, num escritório muito chique e com vista fabulosa sobre o rio, mas em termos práticos não avançámos um centímetro. — AC-P

3 responses to “Parque solar nas minas de S. Domingos?

  1. …ou talvez o estado esteja apenas a fazer contas aos incentivos que tera de dar para a producao de cada um dos 116MW de energia….e que os proprios alemaes preterem..face ao interesse em incentivarem sobretudo a mini-produção nos telhados caseiros..com a consequente poupança nos orçamentos familiares!

    http://wired-vig.wired.com/news/technology/0,1282,45056,00.html

  2. As mentalidades – definitivamente – não mudam em Portugal: ora somos os preteridos da Europa, os fadados ao atraso crónico como logo desprezamos as oportunidades que nos servem em bandeja de prata.
    A clarividência de jp faz lembrar as cortes que recusaram o casamento de D.Sebastião com a Infanta espanhola, para logo acusar o defunto Rei de entregar o reino aos “nuestros hermanos” em razão da desastrosa e mortal aventura marroquina…
    Talvez agora jp já se tenha apercebido que BP significa “British Petroleum”!!!

  3. Interesting post. I have stumbled and twittered this for my friends. Hope others find it as interesting as I did.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s